Compartilhe!
Share on Facebook10Share on Google+2Tweet about this on Twitter3Share on LinkedIn48Pin on Pinterest0

Estamos vivendo uma nova “corrida do ouro”. Não somente as grandes empresas, mas principalmente os pequenos empreendedores descobriram que podem gravar vídeos no YouTube e falar com milhares de pessoas ao mesmo tempo.

Mas como fazer com que os vídeos gravados sejam vistos por mais pessoas?

Vou dar só uma dica… O tópico número 10 é o que eu mais gosto. Mas dá uma conferida nos outros também!

 

1- Trabalhe as palavras chave

Use o Planejador de Palavras-chave do Google Adwords para descobrir novas palavras chave para os seus vídeos.

Use o Google Trends para saber se as palavras chave que você escolheu são relevantes.

A brincadeira aqui é tentar descobrir quais são as palavras chave que as pessoas digitam para encontrar vídeos do seu nicho no YouTube. Quando você souber quais são as palavras mais relevantes e mais pesquisadas para o seu segmento use-as no título, descrição e meta TAGs do vídeo.

Assim o seu vídeo terá mais chances de ser encontrado no YouTube quando alguém pesquisar por elas.

Você também pode usar sinônimos e variações na descrição e meta TAGs.
 

Produza seu vídeo

 

2- Frequência de postagem

Minha sugestão é que você faça pelo menos 1 ou 2 vídeos por semana para o YouTube e que ele seja postado sempre no mesmo dia e horário.

Com o tempo, sua audiência vai se habituar a procurar novos vídeos em seu canal naquele dia e horário.

 

3- Responda aos comentários

Além de ser simpático, a interação é um dos gatilhos mentais mais poderosos para vendas.

O YouTube é uma comunidade. Quanto mais presente você estiver, mais próximo estará do coração e lembrança dos seus clientes e FUTUROS clientes.

A sua audiência se sentirá acolhida e confiará cada vez mais em você.

 

4- Crie novos vídeos incentivando e respondendo às perguntas de sua audiência

Incentivar a sua audiência a fazer perguntas é uma forma de coletar dados sobre os seus reais interesses, afinar o conteúdo com as expectativas dos seus clientes e também de se aproximar mais ainda dos seguidores do seu canal.

Um vídeo respondendo perguntas cria a sensação de diálogo, presença e atenção.

Ao responder às perguntas da sua audiência você também ativa mais um gatilho mental, o da autoridade. As pessoas passam a te ver como especialista no assunto, como alguém que sabe resolver aquele tipo de problema

 

5- Seja pessoal

Fale no singular. Dirija-se sempre à pessoa que está te assistindo e não às pessoas.

Não use termos do tipo “vocês que estão me vendo“, mas sim “você que está me vendo“.

Olhe diretamente para a câmera e a pessoa do outro lado terá a sensação que você está falando direta e exclusivamente para ela.

Ainda que centenas ou milhares de pessoas estejam te vendo, na frente da tela do computador ou smartphone, há somente uma pessoa.

 

6- Faça a chamada para ação (call to action)

Nunca termine seus vídeos sem uma chamada para inscrição no canal ou sem pedir para que a sua audiência curta e compartilhe o vídeo.

Às vezes as pessoas deixam de curtir o vídeo ou se inscrever no canal não porque não gostaram, mas porque não houve uma chamada para esta ação.

O YouTube costuma enviar notificações de push e e-mail sobre novos vídeos para os inscritos nos canais. É o Google trabalhando de graça para você.

 

7- A regra dos 10 segundos ou menos

Use os primeiros dez segundos (ou menos) do vídeo para aguçar a curiosidade da sua audiência. Faça uma pergunta que será respondida no vídeo ou uma afirmação que instigue o expectador.

Este é o momento de dizer que “tipo de dor” aquele vídeo vai tentar resolver.

Dez segundos é o tempo máximo que você tem para causar uma primeira boa impressão. Depois disso, a chance do seu expectador partir para outro vídeo é enorme.

Evite colocar vinhetas muito longas no começo do vídeo. Isso pode dispersar a sua audiência antes mesmo de você começar a apresentar o seu conteúdo.

 

8- Seja breve, muito breve e objetivo

Esqueça aqueles vídeos longos cheios de “encheção de linguiça” sem sentido.

Vá direto ao ponto, entregue conteúdo rico e relevante.

Minha sugestão é que os vídeos não passem de quatro ou cinco minutos, mas é óbvio que isto depende do conteúdo que está sendo apresentado.

Via de regra, é melhor você ter vários vídeos pequenos do que apenas um vídeo muito longo.

 

9- Roteirize o seu vídeo

Pesquise antes de gravar, não saia falando tudo da sua cabeça sem ter certeza do que está dizendo.

Planeje cada ação do seu vídeo antes de começar a gravar. O roteiro ajuda você a não se perder durante a gravação do vídeo.

Além do mais, durante a gravação, certamente acontecerão vários erros. Você vai errar a fala, pode gaguejar alguma palavra, algum problema técnico pode acontecer e você vai precisar gravar aquele pedaço novamente.

Com o roteiro em mãos você saberá exatamente onde parou e poderá gravar apenas aquele pedaço sem precisar improvisar e gravar tudo de novo.

 

Quer ajuda para gravar os vídeos do seu canal? Clique aqui agora mesmo!

 

10- Espionagem industrial (não conte isso para ninguém)

Lembra que eu falei para você gravar vídeos respondendo às perguntas da sua audiência?

(imagine, agora uma gargalhada grave e assustadora…)

Vou te contar um segredo! Você não precisa responder às perguntas apenas do seu canal.

Pesquise os vídeos da sua concorrência, comece pelos mais assistidos, veja as perguntas que as pessoas estão deixando nos comentários e grave vídeos com o assunto daquelas perguntas.

Já pensou quantas ideias e assuntos para novos vídeos não estão escondidos bem ali?

Agora, imagine se a audiência da sua concorrência descobrir que você consegue responder a pergunta que o seu concorrente não respondeu!

É claro que você não precisa dizer que encontrou a pergunta lá no canal do seu concorrente. Apenas grave o vídeo sobre aquele assunto e pronto.

 

11- Anotações e sugestão de outros vídeos

Não deixe a sua audiência sair do seu vídeo sem dar a ela a chance de assistir a um outro vídeo do seu canal.

Sabe aquelas miniaturas de vídeos que aparecem no final dos vídeos do Porta dos Fundos, por exemplo, e quando você clica nela vai para outro vídeo do Porta dos Fundos? É disso que eu estou falando!

O YouTube possui várias ferramentas para inserção de cards e vídeos sugeridos dentro do seu vídeo.

Isso tem duas funções:

1) mostrar para o YouTube que o seu conteúdo é relevante, melhorando cada vez mais o posicionamento e ranqueamento dos seus vídeos nos resultados de pesquisa;

2) provocar um envolvimento e aprofundamento cada vez maior entre o seu conteúdo e a sua audiência.

 

 

12- Miniatura ou capa do vídeo

O seu vídeo, no YouTube, nunca será exibido sozinho. Sempre haverá vários vídeos concorrentes acima, ao lado ou abaixo do seu.

Capriche na arte do seu vídeo, a chamada miniatura ou thumbnail. Use uma imagem instigante associada ao título do vídeo.

Procure trabalhar bem o contraste e o tipo de fonte que será usada para que, mesmo em tamanho muito reduzido, as pessoas consigam ler com facilidade.

 

Gostou das dicas? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe aqui nos comentários!

Quer ajuda para gravar os vídeos do seu canal? Clique aqui agora mesmo!

Um abraço!

12 dicas ninja para você e sua empresa bombarem no YouTube
5 (100%) 9 votos
Compartilhe!
Share on Facebook10Share on Google+2Tweet about this on Twitter3Share on LinkedIn48Pin on Pinterest0
eBook grátis O manual secreto do marketing