Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+3Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0

A autora de “Sorrindo com a alma” é uma gaúcha, nascida em Panambi, uma cidade do noroeste do Rio Grande do Sul, com pouco mais de 30 mil habitantes. Scheila Azevedo Hinnah tem uma fanpage com o mesmo nome do seu livro lançado pela Publiki, mas não pense que você já viu tudo no facebook. O livro “Sorrindo com a alma” é bem diferente de tudo o que está postado na rede. Entenda um pouco da história por trás do livro e de quem o escreveu.

 

Publiki – Scheila, como você descobriu a leitura?
Scheila Hinnah – Foi durante o Seminário Teológico. Eu precisava ler muito. Lia mais de cinco livros por mês. Então descobri o gosto de ler por puro prazer.

Com quantos anos você começou a escrever?
Na adolescência eu tinha um blog. Escrevi nele até os 22 anos de idade, depois tirei ele do ar e fiquei alguns anos sem escrever. Voltei a escrever incessantemente exatamente há um ano atrás. Percebi que estava acumulando muita coisa aqui dentro e resolvi vencer os medos de expor as coisas que tenho a dizer.

Como surgiu a ideia de escrever um livro?
Criei a página Sorrindo com a alma no Facebook em outubro de 2012. Ela cresceu bem rápido, atingiu mais de 20 mil fãs e os leitores da fanpage sempre perguntam se eu tenho um livro. Assim, decidi colocar em prática o que já estava latente. Meio ano depois de escrever apenas na Fanpage, comecei a escrever o livro.

O que te inspirou a escrever “Sorrindo com a alma”?
O livro Sorrindo com a alma nasceu dessa vontade de escrever um livro. Pedi a Deus que me desse uma história. Eu queria escrever um romance. Não queria que meu primeiro livro fosse de contos ou crônicas. Queria uma história única. E numa noite a trama toda nasceu na minha cabeça. Não queria escrever um livro simplesmente por escrever, queria acrescentar algo na vida das pessoas que dedicassem seu tempo nesta leitura.

Do que se trata a história do livro?
É um romance, com uma lição de vida. Fala sobre superar as dificuldades, acreditar que milagres acontecem, mas às vezes não são exatamente como imaginamos que irão acontecer. O livro também fala de perdão e amor, sobre valorizar os pequenos detalhes da vida.
A trama se desenrola em volta de Alan e Susie que precisam superar alguns obstáculos e desafios pessoais para viverem um grande e verdadeiro amor.
O livro é cheio de surpresas. Sou suspeita pra falar, mas a história é muito envolvente e não dá vontade de parar de ler.

Por que as pessoas devem ler sua história?
Devem? (risos) Bem… não sei se seria esta a palavra. Mas indico a leitura, sim… Tenho certeza que não vão se arrepender de ler sobre o Alan e a Susie. Este é um livro que eu mesmo compraria para ler e guardar na minha estante.

O que os fãs podem esperar dessa história?
Algumas lágrimas e muitos sorrisos. Emoção é a palavra que define o “Sorrindo com a alma”. O livro é bem diferente da fanpage, é uma história completa.

O que tem de você nos personagens?
Não é a história da minha vida nem de ninguém que eu conheça. Minha mesmo é só a imaginação.

O que dizem sobre a história, as pessoas que já leram?
Apenas uma amiga minha leu o original, e ela disse: “Você me surpreendeu! Este livro me sensibilizou, quero um exemplar para cada mulher da minha vida”. Parece que ela gostou muito…

Qual a sua expectativa para o lançamento do livro?
Sinceramente, estou sonhando ainda… Na véspera do resultado, sonhei na mesma noite, quatro vezes com o resultado. Duas vezes eu ganhei e duas vezes eu perdi. E daí depois entendi o empate (risos): eu e a Bruna Fontes havíamos ganhado o concurso. Nas vezes que acordava depois de sonhar que venci, eu queria muito que fosse real. Bem… confesso que ainda me sinto sonhando.

Como você está se preparando para o dia do lançamento? Está ansiosa?
Penso todos os dias como será. Estou ansiosa pra ver a capa, pra ver o tamanho… pra pegá-lo na minha mão. Já sou mãe e a sensação é que estou grávida de novo e ele vai nascer no final deste ano.

Que recado você gostaria de enviar para os seus leitores?
Sonhe e acredite! Quando sonhamos criamos asas e quando acreditamos, alçamos voos.

E para quem quer ser um escritor, o que você diria?
ESCREVA! ESCREVA! ESCREVA! E seja apaixonado pela leitura.

 

>> Assista ao vídeo de agradecimento da Scheila Hinnah

 

>> Ficou com vontade de compra o livro? Clique aqui!

Entrevista com Scheila Azevedo Hinnah, autora de Sorrindo com a alma
Dê seu voto
Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+3Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0
eBook grátis Como transformar ideias em livros de sucesso