Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+1Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0

A partir desta segunda-feira, 21, editoras estão liberadas para inscrever livros no Programa Nacional do Livro Didático PNLD para que eles possam ser usados por alunos e professores do ensino médio na rede pública a partir de 2015. Neste ano, o PNLD tem uma novidade: também entrarão na disputa obras em formato digital.

Para entrar, o e-book também deve vir acompanhado da versão impressa e ter conteúdo extra, o que significa que o aluno dono de um tablet ou computador conseguirá acessar vídeos, animações, simuladores, imagens e até jogos relacionados à obra.

As editoras têm até 21 de maio para inscrever os livros pelo PNLD, então, de 3 a 7 de agosto precisam ser entregues os impressos e a documentação correspondente. Entre 5 e 9 de agosto será a vez dos digitais.

O Ministério da Educação avalia tudo o que for sugerido, então elabora o Guia do Livro Didático com resenhas sobre cada obra aprovada. Depois fica a critério das escolas escolher o que quer usar.

A previsão da pasta, segundo a Agência Brasil, é que sejam adquiridos cerca de 80 milhões de exemplares para 2015, quando serão atendidos mais de 7 milhões de alunos.

 

Fonte: Olhar Digital

 

 

Dê seu voto
Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+1Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0
eBook grátis Como transformar ideias em livros de sucesso