Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+3Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0

A partir deste domingo (21), a poesia vai acompanhar os passageiros de algumas linhas de ônibus na capital baiana. Através do projeto ‘Palavras Passageiras’, os usuários vão poder ler poemas de 15 poetas baianos mais Fernando Pessoa e seus heterônimos.

A iniciativa, da produtora cultural Domínio Público, será realizada experimentalmente até o dia 21 de agosto em 30 ônibus da viação Rio Vermelho, que fazem seis linhas: Aeroporto/Praça da Sé, Pero Vaz/Lapa, Vila Rui Barbosa/Engenho Velho de Brotas, São Joaquim/Marback, Mata Escura/Pituba e Mussurunga/Lapa. A proposta é estimular a leitura de poesia entre os conterrâneos de Gregório de Mattos. O projeto é apoiado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte (Semut).

Os poemas devem permitir uma leitura rápida, com tamanho máximo de 20 linhas e um lirismo leve, informa o curador do projeto, o poeta João Filho. “O projeto Palavras Passageiras diversifica a forma de contato com a poesia, que tradicionalmente se dá pelo livro, possibilitando uma maior popularização desse gênero literário”, diz.

Por se tratar de uma iniciativa voltada ao transporte público municipal, a prioridade é expor a obra poética de artistas locais, além de clássicos universais, explica o diretor da Domínio Público, Reinorf Duarte. “É uma iniciativa simples, sem custos para a prefeitura, que facilita o acesso das pessoas à poesia, podendo ainda ter o efeito de proporcionar um momento de reflexão e prazer”, afirma o secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia.

De acordo com Duarte, a ideia é que o projeto seja autossustentável e ultrapasse o período experimental. “Estamos lançando uma mídia com viés cultural, a Artdoor, que tem o objetivo de ser um canal de divulgação da poesia, mas também poderá ser associado a marcas. Durante esse período experimental, realizaremos uma pesquisa para identificar o interesse dos passageiros pela nova mídia para torná-la viável também comercialmente”, explica.

 

Publicado originalmente no iBahia

 

 

Dê seu voto
Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+3Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0
eBook grátis Como transformar ideias em livros de sucesso