Compartilhe!
Share on Facebook18Share on Google+1Tweet about this on Twitter4Share on LinkedIn3Pin on Pinterest0

Muitos clientes me perguntam quanto custa anunciar no Google. A primeira resposta que posso dar, com muita sinceridade, é: depende de quanto você quer ganhar com o Google e do que você espera que ele faça por você.

Você pode investir R$ 1,00 ou R$ 1.000,00 por dia. Tudo vai depender da sua estratégia de comunicação, do retorno esperado e do que você está querendo vender. Cada seguimento ou nicho de mercado tem uma “metodologia” diferente, uma porcentagem do valor total do produto, para se tomar como base de cálculo e ajudar a planejar o investimento no Google Adwords.

Algumas pessoas ainda acham que anunciar no Google é como comprar mídia off-line, tradicional: TV, jornal, rádio, revista, etc. Onde você paga um preço fixo, geralmente muito alto, e o seu anúncio vai ser veiculado ou impresso independentemente das pessoas verem, ouvirem ou não a sua propaganda.

No Google é diferente. Bem diferente. Você pode anunciar com muita ou pouca verba e sempre vai atingir alguma pessoa. É claro que o retorno será proporcional ao valor investido. Existem várias formas de anunciar o seu produto para pessoas que realmente verão a sua chamada para a ação.

 

Rede de pesquisa

A forma mais famosa de anunciar no Google Adwords é exibindo os seus produtos ou serviços para quem está procurando por eles. Estes são os clientes que estão mais aquecidos para comprar o que você está vendendo, porque eles já estão procurando por este produto ou serviço. Já estão a poucos passos (ou cliques) da compra.

Funciona da seguinte forma: você cria um anúncio de texto e diz para o Google quais palavras-chave estarão relacionadas com aquele anúncio. O Google exibirá o seu anúncio nos resultados de pesquisa para quem digitar uma das palavras ou grupo de palavras que você selecionou.

Para se ter uma ideia do poder disso, saiba que mensalmente são realizadas mais de 100 bilhões de buscas no Google.

 

Rede de display

São pequenos banners com imagens ou textos, espalhados por milhões de blogs e sites no mundo todo. É a chamada rede de parceiros do Google, formada por blogueiros e até mesmo sites de empresas como G1, Estadão e outros, que recebem uma pequena comissão do Google por exibir estes banners em seus sites. No Brasil, cerca de 95% dos sites exibem propagandas do Google Adsense.

Você pode escolher com que tipo de conteúdo ou interesses do seu público-alvo os seus anúncios serão exibidos. Se você vende bolsas ou vestidos, pode, por exemplo, veicular suas propagandas em sites que tenham a ver com moda, festas ou viagens. O Google vai colocar as suas propagandas lá!

 

Youtube

O Youtube é o segundo maior site de pesquisas do mundo. E, sim! Você também pode fazer anúncios em vídeo e exibí-los no Youtube para um público específico.

Existem várias formas de programar o seu vídeo ou banner com anúncio para ser exibido no Google para os seus futuros clientes. Você pode delimitar o perfil do seu público-alvo por sexo e idade ou pode oferecer seus produtos novamente para pessoas que já visitaram o seu site, uma área específica dele ou abandonaram o carrinho no e-commerce. Isto é chamado de Remarketing.

Também é possível limitar o horário, dia e até mesmo a região geográfica em que serão exibidos os anúncios. Isto quer dizer que você pode anunciar para pessoas que moram ou estão passando perto da sua loja em um horário específico.

Se você tem um restaurante, por exemplo, pode fazer anúncios apenas durante o horário de almoço e somente para as pessoas que estão perto de você. Não precisa gastar suas fichas com quem está longe, em outra cidade, estado ou até país.

 

Na prática, quanto custa anunciar no Google

O Google trabalha com sistema de crédito. Você coloca um valor X na sua conta Adwords e vai usando conforme a necessidade. O valor mínimo a ser inserido através de boleto bancário ou cartão de crédito atualmente é R$ 40,00.

Inserido o crédito em sua conta, você diz para o Google quanto ele pode gastar por dia para exibir o seu anúncio ou grupo de anúncios. Se houver mais de um anúncio, é possível especificar quanto gastar com cada um separadamente. E o Google vai exibir o seu anúncio para quantas pessoas a sua verba diária suportar. O Google nunca gastará mais do que você permitir.

Outra coisa que pouca gente sabe é que, mesmo já tendo iniciado uma campanha, dá para pausá-la e o Google vai parar tanto a exibição como a cobrança do anúncio até que você autorize novamente a exibição. Os créditos não usados ficam disponíveis em sua conta até você liberar novamente a exibição das campanhas.

Existem vários fatores que influenciam no valor que o Google vai cobrar para exibir o seu anúncio.

O principal fator de variação de custo de anúncios no Google é o leilão. Cada palavra-chave é disputada por milhares de concorrentes seus, todos os dias. Então, dependendo do segmento e da procura que uma palavra-chave recebe, o Custo Por Clique (CPC) pode variar entre alguns centavos ou até mesmo uma centena de reais.

 

Concluindo

Como eu disse, cada segmento do mercado tem seu próprio custo e forma de projetar uma verba para usar no Google.

O bom é que você só paga por quem realmente viu ou interagiu com seu anúncio.

O cálculo que você precisa fazer para descobrir quanto investir no Google é o Custo Por Clique (ou Visualização) do seu anúncio multiplicado por quantas pessoas você precisa trazer para o seu site. Mas, lembre-se! Nem todas as pessoas que entram no seu site compram da primeira vez.

É preciso trazê-las outras vezes ao seu site até que elas sintam-se confiantes ou motivadas o suficiente para realizar a compra. Cada vez que esta pessoa clicar no seu anúncio, o Google cobrará por isso.

O Custo Por Clique (CPC) não é a única forma de cobrança de anúncios. Existe ainda o Custo Por Mil (CPM) que é o pagamento por cada mil exibições independente do anúncio ser clicado ou não; o Custo Por Aquisição (CPA) que é o custo para o Google entregar uma conversão, venda ou um lead em seu site; e o Custo Por Visualização (CPV) usado no Youtube para as pessoas que visualizarem, pelo menos, 30 segundos do seu vídeo.

Cada uma dessas modalidades de cobrança tem vantagens e desvantagens em relação a outra. Você deve fazer um teste de alguns dias com suas campanhas para identificar qual estratégia de cobrança entrega melhor resultado para você ir ajustando.

Alguns estudos de marketing dizem que as pessoas precisam ser impactadas, em média, entre 10 e 12 vezes por uma marca, produto ou serviço até a decisão da compra.

Então é bom levar em conta, no seu cálculo de investimento no Google, estas novas exibições que serão necessárias até o cliente comprar.

 

Gostou da dica? Foi útil?

Qualquer dúvida, deixe seu comentário aqui em baixo ou entre em contato com a gente!

Quanto custa anunciar no Google?
5 (100%) 4 votos
Compartilhe!
Share on Facebook18Share on Google+1Tweet about this on Twitter4Share on LinkedIn3Pin on Pinterest0
eBook grátis O manual secreto do marketing