Compartilhe!
Share on Facebook7Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0

Preciosos livros medievais, geralmente exibidos em caixas de vidro e apenas manuseados com luvas, agora podem ser folheados através de um sistema de leitura em 3D apresentado hoje na feira de tecnologias de informação Cebit, em Hanover (Alemanha).

Desenvolvido pelo organismo alemão de investigação Fraunhofer, o sistema faz uma cópia digital dos textos antigos e das suas ilustrações coloridas e retransmite-a numa tela plana.

O leitor deve se posicionar perto da tela, estender os braços e fazer o gesto de virar as páginas do livro antigo.

Os gestos são analisados por detetores de movimento e o leitor pode virar as páginas do livro 360 graus e admirar em 3D as imagens embutidas.

“Penso que o livro mais velho que digitalizamos até agora tem pelo menos 1.000 anos”, explicou o responsável do projeto, Paul Chojecki.

O Fraunhofer trabalha em parceria com a biblioteca da Baviera, em Munique (sul), que pretende tornar mais acessível a sua coleção de livros antigos, mas o instituto quer levar a experiência mais longe.

 

Fonte: Livros e Pessoas

 

 

Dê seu voto
Compartilhe!
Share on Facebook7Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0
eBook grátis Como transformar ideias em livros de sucesso