A interbrand é uma consultoria mundial que, seguindo uma metodologia muito bem definida, avalia anualmente quanto vale em dinheiro as marcas mais poderosas do mercado.

O valor financeiro de uma marca é calculado a partir de três componentes-chave: força da marca em relação à sua concorrência, o papel que ela desempenha nos processos de compra e a performance financeira de seus produtos ou serviços no mercado como um todo.

Conhecendo o funcionamento e o tamanho de cada um desses elementos consegue-se, então, elementos para estipular o valor monetário da marca e, consequentemente, do negócio em si.

Empresas de tecnologia e automotivos dominaram o top 100, ocupando 28 lugares na lista.

Mais uma vez, a Apple garantiu o primeiro lugar. O Facebook, apesar de apresentar o maior crescimento, 54%, ficou fora to Top 10, na 23ª posição.

 

Confira o top 10 das marcas

(você pode ver a lista completa aqui):

 

01 – Apple
Valor: $170.3 bi (R$ 666 bi)
Diferença do ano anterior: +43%
Posição no anterior: 1

02 – Google
Valor: $120.3 bi (R$ 470.6 bi)
Diferença do ano anterior: +12%
Posição no anterior: 2

03 – Coca-Cola
Valor: $78.4 bi (R$ 306.7 bi)
Diferença do ano anterior: -4%
Posição no anterior: 3

04 – Microsoft
Valor: $67.7 bi (R$ 264.8 bi)
Diferença do ano anterior: +11%
Posição no anterior: 5

05 – IBM
Valor: $65.1 bi (R$ 254.6 bi)
Diferença do ano anterior: -10%
Posição no anterior: 4

06 – Toyota
Valor: $49 bi (R$191.7 bi)
Diferença do ano anterior: +16%
Posição no anterior: 8

07 – Samsung
Valor: $45.3 bi (R$ 177.2 bi)
Diferença do ano anterior: 0%
Posição no anterior: 7

08 – General Electric
Valor: $42.3 bi (R$ 165.4 bi)
Diferença do ano anterior: -7%
Posição no anterior: 6

09 – McDonald’s
Valor: $39.8 bi (R$ 155.7 bi)
Diferença do ano anterior: -6%
Posição no anterior: 9

10 – Amazon
Valor: $37.9 bi (R$ 148.2 bi)
Diferença do ano anterior: +29%
Posição no anterior: 15