Empresas de SC apostam em e-books como estratégia de marketing

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Objetivo é atrair clientes, parceiros e ser conhecido como referência no meio em que atua
Uma pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência em 2012 indica que o Brasil conta com mais de 9,5 milhões de leitores de e-books. De olho neste mercado promissor, empresas apostam nos livros eletrônicos como ferramenta de marketing digital. O objetivo é atrair clientes, parceiros e ser conhecido como referência no meio em que atua.
Uma das empresas que embarcaram nessa onda é a Talk2, marca do DOT Digital Group. Depois de longo planejamento, a startup de Florianópolis publicou seu primeiro e-book em agosto de 2013. Desde então, foram cinco livros publicados e cerca de 4 mil donwloads.
— A internet mudou o comportamento das pessoas e a maneira como as empresas se relacionam com seu público — observa Luis Fernando Palermo, diretor de criação da Talk2.
O conteúdo, que é o maior desafio apontado por Palermo, é focado na estratégia digital, área de atuação da empresa.
O Grupo Nexxera, de Florianópolis, lançou em 2013 seu primeiro livro eletrônico sobre dicas para pagamento móvel em empresas. A diretora de marketing da empresa, Sarah Silva, explica que a primeira estratégia do grupo foi o blog com assuntos de tecnologia.
Para Eric Santos, CEO da Resultados Digitais, a utilização de e-books como estratégia de marketing digital é mais do que uma tendência.
— As empresas vão investir mais nessa estratégia ao tomarem conhecimento do impulso que a publicação representa no retorno sobre o investimento — avalia.
 

Dicas para quem quer publicar e-book

Ter total confiança nas informações que estão sendo repassadas e checar o conteúdo com diferentes fontes para não correr o risco de divulgar dados equivocados, o que seria ruim para quem baixa o material e péssimo para a reputação da empresa.
É recomendado ter um bom revisor para evitar tropeços na língua, corrigir eventuais falta de lógica do texto ou simples erros de digitação.
Investir em uma boa apresentação. Um e-book bem diagramado, com ilustrações, gráficos e exemplos práticos desperta mais interesse.
Planejar muito bem como vai ser a promoção do material. Para extrair ao máximo os benefícios, a empresa deve planejar que canais utilizará para divulgar o lançamento e como será essa exposição.
Fonte: Eric Santos, CEO da Resultados Digitais
 
Publicado originalmente por Karine Wenzel no Diário Catarinense

Como foi sua experiência?

Receba nossos melhores conteúdos sobre lançamento.