Compartilhe!
Share on Facebook73Share on Google+2Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0

Uso de drogas, acidentes de automóveis, mentiras, manias estranhas, livros proibidos e autores famosos que venderam tudo para publicar o primeiro livro reunidos em 20 curiosidades sobre literatura e autores. Confira a lista agora!

 

1- Aldous Huxley, autor do clássico Admirável Mundo Novo, narrou suas experiências com alucinógenos num livro chamado As Portas da Percepção. Aliás, o nome do grupo de rock The Doors foi inspirado no livro As Portas da Percepção.

2- Também foram as drogas (em especial o ópio e haxixe) que inspiraram o poeta Charles Baudelaire a escrever Os Paraísos Artificiais, uma reflexão sobre o uso de substâncias alucinógenas.

3- Baudelaire e Huxley não foram os únicos nem os últimos a passar as experiências com drogas para o papel. O escritor Paulo Mendes Campos certa vez escreveu um relato sobre experiências com alucinógenos que foi extremamente elogiado pela crítica. Para escrever sobre o assunto, o escritor brasileiro experimentou LSD sob a supervisão médica de um amigo. Seus pontos de vista e observações estão no ensaio Experiências com LSD, publicado pela primeira vez no começo dos anos 1960.

4- No início da carreira, o escritor George Bernard Shaw teve que ser sustentado pela mãe por que não conseguia vender seus livros.

5- O primeiro acidente de automóvel no Brasil foi causado pelo poeta Olavo Bilac. Ele bateu numa árvore em 1897.

6- Lolita, de Vladmir Nabokov, teve a princípio sua publicação recusada. O romance era tido como tão controverso que apenas uma editora (Olympia Press) o quis publicar. Três anos depois, quando o livro já era um hit, outras invejosas mudaram de ideia.

7- O poeta português Fernando Pessoa tinha o hábito de escrever sob diversos pseudônimos, cada um com um estilo e uma biografia próprios. Ente os pseudônimos adotados estão Ricardo Reis, Alberto Caieiro e Álvaro de Campos.

8- O monstro em Frankenstein não tem nome. Na verdade, Frankenstein é o nome do cientista que criou o monstro.

9- J.K. Rowling escreveu todos os livros do Harry Potter à mão.

10- Virginia Woolf, Goethe e Hemingway tinham o hábito de escrever em pé.

11- José Lins do Rego era fanático por futebol. Chegou a ocupar um cargo na diretoria do Flamengo, no Rio de Janeiro. Nelson Rodrigues, outro fanático por futebol, afirmou uma vez que “O videoteipe é burro”, quando ficou provado pênalti contra o seu Fluminense.

12- Manuel Bandeira sempre se gabou de um encontro com Machado de Assis, aos dez anos, numa viagem de trem. Na velhice, confessou: “era mentira”. Tinha inventado a história para impressionar os amigos.

13- O primeiro volume de Em Busca do Tempo Perdido, de Marcel Proust, foi publicado às custas do próprio autor, uma vez que havia sido recusado por diversas editoras.

14- O poeta Carlos Drummond de Andrade publicou o seu primeiro livro, com tiragem de 500 exemplares, com o dinheiro do próprio bolso.

15- Foi com suas últimas economias que o escritor colombiano Gabriel Garcia Márquez publicou sua obra-prima Cem Anos de Solidão. A primeira tiragem de oito mil exemplares se esgotou em 15 dias.

16- O poeta chileno Pablo Neruda só conseguiu publicar seu primeiro livro, Crepusculário, depois de vender todos os seus bens para financiá-lo.

17- Dom Quixote, obra-prima do espanhol Miguel de Cervantes, obteve um sucesso tão grande na época da sua publicação que um anônimo escreveu uma segunda parte do romance.

18- O primeiro romance do mundo foi escrito em 1007 por uma mulher, Murasaki Shibiku, A história de Genji conta as aventuras de um príncipe que procura amor e sabedoria.

19- Monteiro Lobato é o autor da frase “um país é feito de homens e livros”. O escritor revolucionou o mercado literário em uma época em que o Brasil tinha poucas livrarias. Seus livros eram vendidos em mercearias, armazéns e farmácias, fomentando de maneira criativa a cultura em nosso país.

20- O Dia do Livro Infantil é lembrado em 18 de abril (aniversário de Monteiro Lobato).

 

E aí? O que achou? Deixe seu comentário aí em baixo.

20 curiosidades literárias que você precisa saber
5 (100%) 1 voto
Compartilhe!
Share on Facebook73Share on Google+2Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Pin on Pinterest0
eBook grátis Como transformar ideias em livros de sucesso