Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn2Pin on Pinterest0

A otimização de sites para mecanismos de busca – SEO – é a parte mais fundamental do chamado marketing de busca. Afinal, de que serve um site se ele não puder ser encontrado no Google, bing ou Yahoo!?

Trazer tráfego para o site é o objetivo de toda empresa, blogueiro ou empreendedor que deseja vender seus produtos e serviços pela internet.

Como eu já disse [aqui], existem duas formas de aparecer no Google: pagando, através do Google Adwords, ou organicamente, de graça, melhorando a aparição do seu site nos resultados das buscas.

Geralmente, quando as pessoas fazem buscas no Google, elas vão, no máximo, até a 3ª ou 4ª página dos resultados da pesquisa. Se não encontram o que procuram, refazem a busca com outra palavra-chave.

Se o seu site não aparece entre os primeiros resultados, e se você não quiser gastar mais dinheiro com links patrocinados, é bom pensar urgentemente em uma estratégia para otimizar o seu site e melhorar o posicionamento dele nos buscadores.

 

Melhorando a posição do seu site no Google com Backlinks

Existem muitas maneiras e estratégias de se melhorar o posicionamento dos sites nos motores de busca. Hoje vamos falar de uma delas especificamente: os Backlinks, uma técnica chamada também de link building.

O que mantém o Google sendo o Google é a forma como ele entrega os resultados das pesquisas para os usuários. Há um esforço constante dentro do Google para se aperfeiçoar cada vez mais o algoritmo que calcula o quão relevante o conteúdo de um site é para ser entregue nos resultados das pesquisas.

Existem muitos fatores que dizem para o Google qual site deve ser exibido primeiro e um deles é a quantidade e a QUALIDADE dos links externos que apontam para um determinado site ou página dentro deste site. Estes links de sites que apontam para outros sites ou para dentro dele mesmo são os chamados Backlinks, e são eles quem “dizem” para o Google se um site ou conteúdo deste site é relevante e tem autoridade para ser exibido nos melhores ou piores resultados.

Mas, cuidado! O Google é inteligente! Ele sabe identificar (ou pelo menos tenta identificar com a máxima precisão possível) o quão sinceros e honestos são os Backlinks.

Se um site suspeito, infectado por vírus ou penalizado pelo Google começar a apontar links para o seu site, o algoritmo do Google pode penalizar o seu site também ao invés de melhorar o posicionamento dele.

 

Como conseguir Backlinks de qualidade

A maneira mais indicada para conseguir Backlinks de qualidade é fazer com que sites e blogs, com grande fluxo de visitantes e Page Rank alto apontem links para o seu site através de artigos.

Como eu sempre digo… Não existe almoço grátis! Para conseguir esta proeza o seu conteúdo deve ser realmente muito bom, a ponto dos blogueiros citarem o seu site com um link direto, ou então você pode pagar por um publieditorial nestes blogs.

Outra maneira de fazer Link Building para o seu site é deixando comentários em blogs e fóruns com um link para o seu site ou artigo relacionado ao tema. É claro que isto deve ser feito com muita moderação e de forma relevante para que o dono do blog ou site não delete a sua interação por achar que seja um SPAM e você seja banido ou proibido de postar comentários novamente.

O problema é que a maioria dos blogs, atualmente, usam a TAG NoFollow em links de comentários e isto faz com que o Google não considere tais links como fator relevante para rankeamento. Logo abaixo vou falar mais um pouco sobre a TAG NoFollow.

Existem blogs que trocam links entre si. Vale a pena encontrar blogs dentro do seu nicho de negócio e fazer um acordo de troca de links e até de postagens.

 

Diretórios e sites de referência

Antes do surgimento dos mecanismos de busca que conhecemos hoje, existiam os grandes diretórios da web, onde as pessoas cadastravam os seus sites lá e assim um link para o site era inserido no diretório. Para fazer uma consulta na internet, não se buscava por um conteúdo, mas sim por um site.

O DMOZ é um dos mais conhecidos e você pode submeter um link para o seu site gratuitamente na ferramenta.

Entireweb e ScrubTheWeb também são boas opções para cadastrar links para o seu site.

 

Dica Bônus NoFollow

Os links de sites externos para onde o seu site aponta também influenciam no rankeamento positivo ou negativo. Se o seu site possui links que enviam os seus visitantes para sites suspeitos, infectados com malware ou com baixo Page Rank, o seu site pode ser penalizado também.

Para evitar que seu site seja penalizado é necessário adicionar a TAG rel=”nofollow” nos links para outros sites. O código HTML deve ficar como o exemplo a seguir <a href=”sitesuspeito.com” rel=”nofollow”>site suspeito</a>. Você pode ler mais sobre isso [aqui].

 

Bom, espero que as dicas sejam úteis para o seu projeto.

Se gostou, compartilhe, dê o seu voto e deixe o seu comentário aqui no site.

Qualquer dúvida, entre em contato [por aqui].

 

Como os Backlinks melhoram o SEO do site
5 (100%) 5 votos
Compartilhe!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn2Pin on Pinterest0
eBook grátis O manual secreto do marketing