O Lançamento Meteórico vem ganhando a atenção de vários infoprodutores e profissionais de marketing em todo o Brasil, por se tratar de um dos métodos de lançamento mais simples, rápidos e poderosos para se lançar produtos digitais e até mesmo físicos.

O criador do método é o Talles Quinderé, empresário, palestrante e dono de uma agência de marketing em Vila Velha – ES.

O Método Meteórico foi criado, inicialmente, como uma promoção para Black Friday, mas foi masterizado e se transformou em um modelo de lançamento muito interessante.

O grande poder de um Lançamento Meteórico

O segredo por trás do Lançamento Meteórico está no fato dele usar três gatilhos mentais muito fortes que são: antecipação, pertencimento e escassez combinados entre si de forma estratégica num grupo controlado dentro do WhatsApp.

A “corrida do ouro” de começar a fazer o Lançamento Meteórico se dá porque ele pode gerar picos de venda muito altos, em apenas 1 dia, com um ROI muito vantajoso.

Grandes players do mercado como Conrado Adolpho, Arthur Shinyashiki, Giordano Nârada e muitos outros infoprodutores aderiram ao método com muito sucesso.

Uso do WhatsApp no Lançamento Meteórico

Não é segredo para ninguém que as taxas de abertura de e-mail vêm caindo vertiginosamente a cada ano que passa e que o WhatsApp vem ganhando muita força para comunicações rápidas, se consolidando como um dos meios de comunicação mais usado pelos brasileiros conectados na internet.

Diferente de um Lançamento Semente, por exemplo, que usa páginas de captura e vários CPLs, O Lançamento Meteórico utiliza o WhatsApp para manter o engajamento e o aquecimento dos leads em um ou mais grupos exclusivos que duram, no máximo, uma semana e depois disso são excluídos definitivamente.

Há casos de lançamentos que podem chegar fácil a uma centena de grupos e demandam alguma estrutura com equipe treinada para administrar tantos grupos e manter a qualidade das interações.

Gatilho mental da Antecipação

É a primeira fase do Lançamento Meteórico e começa com a produção dos anúncios e da comunicação para sua base de leads informando que haverá uma chance ÚNICA de participar de uma grande promoção.

Note que aqui, na verdade, há 2 gatilhos mentais utilizados:

Antecipação – informando que haverá uma grande promoção e;

Escassez – já deixando claro que a chance é única e não haverá outra oportunidade de obter a grande promoção que, por sinal, ainda não é revelada por completo na comunicação do anúncio.

Gatilho mental do Pertencimento

O anúncio possui um link para inscrição em um grupo no WhatsApp.

As regras dos grupos são muito bem definidas e já deixam claro qual é a finalidade do grupo.

Você pode, por exemplo, deixar os comentários fechados nos grupos e só liberar em um determinado horário para os participantes interagirem entre si, fazerem perguntas sobre a oferta que será feita para o grupo e depois disso você fecha os comentários novamente.

Isto gera um engajamento muito bom e um sentimento de pertencimento a um grupo, a uma comunidade. Isso permite que os participantes se conectem ainda mais com você e o seu produto.

Logo ao chegar no grupo, o lead deve receber um vídeo ou áudio informando as regras do grupo e que dali a três dias haverá uma grande promoção exclusiva para aquele grupo.

O preço da oferta ainda não é dito, mas é informado que será uma oportunidade com um valor muito abaixo do preço normal ou um bônus muito vantajoso para quem adquirir o produto através do link que será postado no grupo.

Se você percebeu, aqui é explorado mais uma vez o gatilho mental da antecipação, criando expectativa e deixando um looping em aberto na mente do lead aguardando para descobrir que grande oferta é essa.

Gatilho mental da Escassez

Durante os dias que antecedem a abertura do carrinho, são feitas várias postagens no grupo fomentando a antecipação e a escassez da oferta, até que na véspera da abertura do carrinho é revelado o grande desconto ou bônus que será oferecido com exclusividade para aquela comunidade.

É necessário deixar bem claro que a grande oferta estará disponível apenas naquele dia e que após este período o lead perderá a oportunidade de comprar o produto pelo valor com desconto.

A possibilidade de perder a oferta e ter que comprar o produto por um valor muito maior causa um efeito avassalador nas pessoas, aumentando ainda mais o desejo de adquirir o produto.

Lançamento de produtos digitais

Equipe de apoio do Lançamento Meteórico

Você pode gerenciar o Lançamento Meteórico sozinho. Sim, é possível! Mas aconselho que você forme uma equipe para te ajudar durante o tempo em que o carrinho estiver aberto e também para ficar monitorando os grupos junto com você para identificar e excluir SPAMS.

A equipe será necessária também para ajudar a fazer contato com os leads mais aquecidos do grupo e tentar converter os boletos que ainda ficarem em aberto.

Espiões e agentes infiltrados

Uma tática que alguns infoprodutores têm usado com muito sucesso é plantar agentes disfarçados nos grupos para se passarem por clientes desejosos de comprar o produto, criando com isso uma espécie de “efeito manada” para os leads mais indecisos se decidirem pela compra do infoproduto por causa desta influência.

Essa tática também pode ser usada para os agentes fazerem perguntas estratégicas que levem os leads verdadeiros a considerarem realmente a compra.

Um exemplo disso é um agente infiltrado perguntar “este produto serve para qualquer pessoa mesmo?” ou ainda “em quantas vezes pode parcelar no cartão de crédito?” e alguém da equipe responder “sim, serve! Inclusive é recomendado para quem se encontra nessa e naquela situação… e ele pode ser parcelado em até 10 vezes sem juros”.

Concluindo

O Lançamento Meteórico, se aplicado da forma correta, funciona. Já testei com alguns clientes e tem dado realmente um ROI incrível.

No entanto, tenho visto muitos aventureiros que não conhecem o método original tentarem aplicar de forma muito amadora e sem nenhum critério. Isso deixa os leads sem saber exatamente o que está acontecendo no grupo e reduz absurdamente o poder de conversão e venda do método.

Existe um modelo a ser seguido e que ajuda muito na hora de planejar e organizar o Lançamento Meteórico.

Meu conselho para você é que se for fazer realmente o Lançamento Meteórico, que seja feito 1 vez ou no máximo 2 vezes no ano para a mesma base de leads.

Para gerar escassez com força, é preciso deixar claro que aquela janela de oportunidade não irá se repetir tão breve e que o lead pode realmente perder a oportunidade de compra com desconto se não agir logo.

Quer saber mais sobre como lançar o seu infoproduto ou encontrar um parceiro para o seu lançamento? Mande um WhatsApp pra gente agora mesmo! 

Lançamento Meteórico: o que é e como fazer
5 (100%) 12 voto[s]