Por que campanhas de social buscam engajamento, e não publicidade

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Tradicionalmente, os consumidores eram atingidos por mensagens das marcas com o objetivo de influenciar suas decisões de compra. Mas, com o advento da internet, os clientes tornaram-se cada vez mais exigentes com relação ao conteúdo. Portanto, para competir no mercado, as empresas precisam entregar a mensagem de forma que ela não soe como um discurso.

Para engajar a audiência nas redes sociais, é necessário oferecer algo de valor. A publicidade por si só costuma beneficiar mais o anunciante, enquanto o engajamento coloca o consumidor como prioridade. Estratégias de marketing adotadas em social media, por exemplo, oferecem aos cliente algo que eles realmente querem ou precisam, sem se preocupar com retornos de investimento. Isso é algo que vem mais tarde como resultado.
Campanhas em redes sociais são uma ótima maneira de identificar o público alvo, onde alcançá-lo, o que precisam, como fornecer isso e o que comunicá-los. A estratégia deve carregar algum valor. No ambiente, online, o conceito de valor pode se referir a informação, entretenimento, instruções, suporte, orientação, etc. A missão das empresas é descobrir quais desses valores o cliente busca.
Para isso, uma possível solução é oferecer conteúdo de qualidade que não seja sobre o produto, mas relacionado à área de negócios em que a empresa opera. Dicas e informações relevantes, por exemplo, aumentam a visibilidade e credibilidade da marca. É importante que as companhias tenham consciência de que construir engajamento é um processo lento. Consumidores devem surgir de forma natural, mantendo o propósito das campanhas de social media.
 
Publicado originalmente por Benjamin Roussey no Proxxima

Como foi sua experiência?

Receba nossos melhores conteúdos sobre lançamento.