Jovens ainda preferem livros físicos a ebooks

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Uma pesquisa realizada pela agência Voxburner com 1.400 jovens entre 16 e 24 anos, na Inglaterra, revelou que, em sua maioria, eles ainda preferem ler livros de papel.
Questionados sobre a preferência por produtos físicos versus conteúdos digitais, os livros impressos destacam-se como o meio mais desejado em forma física, à frente dos filmes (48%), jornais e revistas (47%), CD’s (32%) e jogos de vídeo (31%).
A pesquisa apontou que 64% dos entrevistados prefere os livros físicos. Os motivos foram diversos:
1. “Eu coleciono.”
2. “Eu gosto do cheiro.”
3. “Eu quero uma estante cheia de livros.”
4. “Livros são símbolos de status. Uma pessoa não consegue ver tudo que você leu apenas olhando o seu Kindle.”
5. “Ebooks ainda estão muitos caros para compensar a falta do físico.”
Uma das entrevistadas, Zoe, ainda deu uma resposta mais complexa: “O único motivo de eu não ter comprado um e-reader é porque eu amo o sentimento de segurar um livro e ver os nós na lombada depois que eu termino. É como um troféu.”
Se no Reino Unido, um país de alta-tecnologia, os jovens ainda preferem os livros físicos, imaginem qual a proporção que temos no Brasil!
E você, concorda com as razões dadas pelos entrevistados?
Responda nossa enquete e vamos ver qual será o resultado!
 
[poll id=”4″]

Como foi sua experiência?

Receba nossos melhores conteúdos sobre lançamento.