Mais uma lei, e pouco avanço na construção de bibliotecas

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Existe uma lei, a 12.244/10, que diz que todas as escolas devem ter uma biblioteca até 2020. Esta semana um projeto de lei parecido chamou a atenção ao passar pela comissão de educação do Senado. Ele pede a criação de bibliotecas em escolas de ensino básico no prazo de três anos após a publicação da lei. Primordial, e como a primeira, de difícil execução.
Para cumprir a de 2010, pelas últimas contas do Todos Pela Educação, é preciso construir 52 bibliotecas por dia – há um ano, seriam 24/dia. “O prazo está muito curto e não vemos nenhum movimento expressivo no sentido de um plano de ação multilateral. Reduzir o tempo só vai tornar a lei mais inexequível”, comenta Christine Fontelles, diretora do Instituto Ecofuturo, uma das entidades que batalham pela causa. Para ela, é necessário fazer uma avaliação da situação econômica dos municípios, além de fornecer informações sobre como botar a mão na massa – feita por meio da campanha Eu Quero a Minha Biblioteca, que completa este mês seu primeiro aniversário e ajudou a popularizar a luta. Todos os mais de 5 mil prefeitos receberam a cartilha e mais de 300 mil pessoas foram informadas online.
 
Publicado originalmente por Babel no Estadão

Como foi sua experiência?

Receba nossos melhores conteúdos sobre lançamento.